A transformação através da organização

Ou: Minha história com a organização.

Vamos partir do início! Para quem não abriu a aba “Sobre mim”, meu nome é Priscila Antunes Aubin, moro em Joinville-SC, sou formada em Design de Produto, e Personal Organizer.

Minha história com a organização não tem um início muito feliz. Sempre fui bagunceira e achava que seria sempre assim, por mais que aparentemente eu arrumasse as coisas, logo elas se perdiam e saíam dos seu lugares. Cheguei a colocar a culpa na personalidade espontânea e criativa (aqui) e aceitava isso como reforço para o meu desinteresse em querer aprender a organizar.

(Se quiser pular a parte triste desça até o próximo parágrafo)

Quando casei, precisei assumir as responsabilidades de dona de casa, além de ter me tornado esposa, estar no meio da faculdade, conciliar com jobs de fim de semana e trabalho. Ufa! Era realmente muita coisa, nada que não seja enfrentado todos os dias por muitas pessoas, mas eu fiquei muito perdida, e por muito tempo boa parte das tarefas de casa era meu esposo (Te amo por isso amor!) que assumia. O tempo passou, eu cncluí a faculdade, terminei o estágio e decidimos que eu tiraria um tempo para ficar em casa, cuidando de mim e do lar. E foi aí que tudo começou…

(leia aqui)

Nesse “ano sabático” descobri que a organização pode ser aprendida! Sim, existe solução pra todo mundo! Assim como em um projeto de design, existe metodologias que podem ser escolhidas para chegar ao resultado final, a organização. E isso independe de que tipo, pode ser a organização da casa, pessoal, ambiente de trabalho, da bolsa, do carro, financeira, ou quaisquer outro lugar que você queira organizar. E não se preocupe, uma organização puxa a outra, e apesar de se ter alguns passos e ser um tanto cansativa e extremamente gratificante e transformador!

A transformação da organização se faz de dentro para fora a medida que você organiza de fora para dentro, deu para entender? Não? Eu explico!

À medida que você começar a organizar as coisas em seu cotidiano, a começar pelo seu armário e mesa de trabalho por exemplo, jogando o que não precisa fora, categorizando e separando itens de uso, reflete no interior, porque você começa a aprender a fazer isso com a sua mente. Aos poucos tudo se torna automático, e mesmo que você trabalhe com a criatividade em funções que exigem um certo nível de “bagunça”, ela rapidamente volta para o lugar assim que o trabalho acabar.

Eu lembro de ter começado a gostar de organização durante um estágio, onde fizemos um curso de Lean e Kaizen, que apresenta métodos de organização industrial para produtividade, reduzir desperdício, aumentar a segurança e margem de lucro. Aqueles setores organizados, demarcados e limpos me encantavam, mas como nem todos os colaboradores do setor recebiam o treinamento, a bagunça logo voltava, e isso me deixava frustrada.

Mas o que eu realmente quero deixar para você é: Existe sim como qualquer pessoa aprender a organizar, em qualquer lugar, até com poucos recursos, e é isso que vai ter de conteúdo aqui. Organização para todos, para que você, assim como eu, possa ser Finalmente Organizada!

Desejo que você volte sempre!

Com carinho,

Priscila Aubin, @finalmenteorganizada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.